Warner Bros. e DC Comics podem ser vendidas separadamente!

Capa da Publicação

Warner Bros. e DC Comics podem ser vendidas separadamente!

Por Gus Fiaux

Anunciada em outubro de 2016, a fusão entre a Time Warner – companhia detentora dos direitos da Warner Bros. e da DC Comics, dentre outras subsidiárias – e a AT&T – uma das maiores empresas americanas de telecomunicações – ainda não foi concluída, devido a todos os trâmites legais em andamento no setor judiciário dos Estados Unidos.

Contudo, de acordo com novas informações disponibilizadas pelo The Wrap, é possível que, caso a transação não ocorra como o planejado ou seja banida pela legislação norte-americana, tanto a Warner Bros. quanto a DC Comics sejam vendidas novamente… contudo, separadamente.

“Se a fusão falhar, uma fonte próxima à companhia disse ao The Wrap que a Time Warner poderia ser dividida em partes, que seriam vendidas separadamente, como Warner Bros., HBO e Turner – deixando o futuro da DC Comics um pouco no ar.”

A fusão entre as duas empresas já era para ter sido aprovada, de acordo com alguns especialistas. Entretanto, o governo federal identificou sinais de truste – quando duas companhias poderosas se juntam para dominar o mercado de forma abusiva -, e acabou criando alguns obstáculos para que a transação ocorra.

Caso isso falhe de verdade e as companhias sejam vendidas individualmente, é possível imaginar um futuro onde os filmes da DC Comics não sejam mais desenvolvidos pela Warner Bros.. Caso isso aconteça, a editora deve fazer parceria com outro estúdio (ou, como a Marvel fez, criar seu próprio). Ainda não fazemos ideia de quais impactos isso poderia acarretar no futuro do Universo Estendido da DC Comics. 

Enquanto isso, veja abaixo algumas imagens de bastidores e artes promocionais de Liga da Justiça, o filme mais recente da DC Comics nos cinemas:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux