Vingadores: Guerra Infinita – Roteiristas do filme falam sobre “os furos” do MCU!

Capa da Publicação

Vingadores: Guerra Infinita – Roteiristas do filme falam sobre “os furos” do MCU!

Por Guilherme Souza

A Marvel é o primeiro estúdio a unir narrativas de diversos filmes diferentes em um único filme nos cinemas. Embora isso seja impressionante, é inevitável que algumas inconsistências tenham acontecido ao longo dos últimos 10 anos e parece que não são somente os fãs que ficaram confusos com algumas mudanças.

Em uma recente entrevista, Christopher Markus e Stephen McFeely, roteiristas de Vingadores: Guerra Infinita, revelaram algumas confusões com eventos ocorridos em filmes anteriores, e como elas afetaram suas decisões ao escrever o terceiro filme dos Vingadores.

Os roteiristas explicaram que Thanos utiliza seus lacaios para poder focar em outras coisas. “Sim. Você precisava se certificar de que ele não estava sozinho,” disse Stephen McFeely “Isso também significa que ele não fez a mesma coisa repetidas vezes enquanto buscava as joias e esmagava pessoas. É assim que você balanceia a trama, com seus lacaios meio que fazendo o trabalho dele, enquanto ele carregava outros fardos.” 

O entrevistador do Screen Rant então fala sobre a cena em que Thanos decide que ele mesmo irá buscar as Joias do Infinito, confundindo os filmes e dizendo que tal cena aparece em Homem-Formiga.

É o final de [Vingadores: Era de] Ultron,” corrige McFeely prontamente, antes de continuar a responder e dizer que isso não era responsabilidade deles. “Não é nosso filme. *risos*” Christopher Markus aproveita para explicar que eles também ficaram confusos com essa cena: “Nós sentamos e pensamos, “Que diabos ele está falando? Onde ele estava quando fez isso?”

O entrevistador continua e aponta a famosa manopla no cofre de Odin, que apareceu em Guardiões da Galáxia. “Outro maravilhoso, maravilhoso problema,” disse McFeely, enquanto Markus aproveitou para mudar de assunto e falar um pouco mais sobre Thanos: “Odin é um pouco exibido. Acontece que Thanos tem várias pessoas que jogam tanto em seu lado quanto no lado oposto, Estranhamente às vezes eu acho que ele é o cara mais compreensivo nesse filme.”

Assim como aconteceu em Thor: Raganarok, descobrimos que a Manopla do Infinito guardada em Asgard era falsa, Kevin Feige, presidente da Marvel, explicou que a decisão foi tomada com base nos rumos que o MCU tomou nos últimos anos, o que é totalmente compreensível, considerando que muita coisa mudou nos últimos dez anos de filmes.

Teremos de aguardar o lançamento de Vingadores: Guerra Infinita para descobrirmos se mais alguma narrativa foi alterada para que ficasse mais coerente no contexto do filme.

Veja imagens de Vingadores: Guerra Infinita em nossa galeria:

Lançamento não encontrado.

 

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'