Capa da Publicação

Vingadores: Guerra Infinita – Diretores explicam “furo de roteiro” criado por Era de Ultron!

Por Felipe Vinha

Atenção: Alerta de Spoilers!

Após muito esperar, os fãs puderam finalmente ver o vilão Thanos em ação, durante o filme Vingadores: Guerra Infinita, que estreou há poucos dias. Porém, já vimos Thanos em outras participações no cinema, como na cena pós-créditos de Vingadores: Era de Ultron. E foi justamente este momento que causou certa polêmica em relação ao novo longa-metragem.

De acordo com o anão Eidri, como explicado durante Guerra Infinita, Thanos foi forjar sua manopla por lá, no reino conhecido como Nidavellir, uma espécie de estação espacial, onde os anões forjadores de armas vivem. Contudo, fãs levantaram a hipótese de que a cronologia estaria incorreta, já que, ao final de Era de Ultron, Thanos surge para buscar sua manopla e ir atrás das Joias do Infinito.

Joe Russo, um dos diretores do filme, esclareceu ao Comic Book:

“Eu acho que pode estar, sim, conectado a Eidri. É mostrado claramente que ele forjou a manopla e que Thanos esteve com ela durante algum tempo. Já se passou um tempinho desde que os Asgardianos interagiram a última vez com Eidri e seu povo.”

Ainda que a cena de Era de Ultron não indique o momento em que se desenrola, é possível que ela seja por volta de um ano antes dos fatos de Guerra Infinita. Vale lembrar que, antes do filme começar, Thanos já está em posse da Joia do Poder, obtida em Xandar, mas sem explicação de como isso foi feito, nas telonas.

Ainda que pareça um furo, pode ser, enfim, uma jogada de cenas em tempos cronológicos distintos.

Veja artes e fotos de Vingadores:

Vingadores: Guerra Infinita já está em cartaz nos cinemas.

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha