Capa da Publicação

Titãs: 1×02 – É a DC fazendo o que sabe da melhor forma!

Por Felipe Vinha

Titãs chega com os dois pés na porta em seu segundo episódio. Mostrando que, sim, é uma série adulta e pretende continuar sendo, ao mesmo tempo em que não renega suas raízes e sua origem como um produto de histórias em quadrinhos.

Vemos a reflexão disso logo no começo do capítulo, quando ele nos introduz à dupla de protagonistas que dá o título de episódio: Rapina e Columba. Heróis clássicos da DC Comics, os dois estão fielmente representados, não apenas em aparência civil, mas também com seu visual muitíssimo próximo do que é visto nas páginas das revistas.

Até mesmo a violência empregada pelos dois está no mesmo nível do que é visto nos gibis, mas nada é gratuito. Os personagens são violentos quando precisam, mas também sabem se portar como humanos críveis, que têm qualidades e defeitos, fora da vida heróica que levam pelas noites.

É incrível notar também como o episódio estabeleceu que heróis como Robin, Rapina e Columba já estão em atividade há muito mais anos do que esperávamos, com apenas uma cena de Flashback que leva não mais do que cinco diálogos completos. Tudo isso regado a uma trilha sonora incrível, com lutas bem coreografadas – e sem a câmera tremida da CW!

O que também chama a atenção em Titãs é em como o seriado não se dobra por seus atores. Não havia motivo para Estelar e Mutano aparecerem neste episódio, e eles de fato não apareceram! O foco ficou onde deveria ficar, no núcleo Rapina e Columba, com o desenvolvimento contínuo de Robin e Rachel – ainda não Ravena.

É muito legal ver como uma série lançada em sistema VOD (Vídeo Sob Demanda) dá uma maior liberdade criativa e comercial para a produção. Sim, a intenção ainda é vender e fazer dinheiro, mas não há um sentimento de que é só por isso, a ponto de aleijar o roteiro e as atuações.

Também vale o elogio para o grupo de vilões: a Família Nuclear. Tão obscuros que nem o mais fervoroso fã da DC vai se lembrar deles, de pronto. E aqui eles parecem tão naturalmente presentes na história e uma verdadeira ameaça que realmente parece que estamos lendo um bom gibi.

Titãs segue forte e promete ser uma das melhores séries da DC Comics para a TV. Só não pode cair nas armadilhas comuns que vemos por aí.

Veja imagens de Titãs, a seguir:

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha