Capa da Publicação

Star Wars: Os Últimos Jedi – Produtores explicam uma das grandes surpresas do filme!

Por Felipe Vinha

Atenção: Alerta de Spoilers!

Star Wars: Os Últimos Jedi estreou no final de dezembro e ainda está em cartaz no mundo todo. Na verdade, ele não estreou em alguns países, como a China, e mesmo assim já bateu recordes. Além de uma história única e inovadora, o longa-metragem trouxe o retorno de alguns conceitos, e personagens, clássicos. A produção explica um destes retornos.

Neal Scanlan, designer de criaturas, falou ao site Nerdist sobre como foi trazer Yoda de volta, em sua versão de boneco e tudo o mais. Scanlan garante que foi um esforço conjunto entre os nomes envolvidos: o diretor Rian Jonhson e o dublador e manipulador de Yoda, o titereiro Frank Oz:

“Ao saber que teríamos Yoda, dissemos algo como ‘Olha, precisamos ver Império Contra-Ataca de novo, ver como Stuart Freeborn criou Yoda, pois é um momento único com marionete’. Já sabíamos que teríamos Frank Oz para fazer isto, ele é um dos grandes mestres de marionetes. Sentimos que era absolutamente correto e propício criar uma marionete da forma mais próxima do original e dar a Frank exatamente o que ele teve nas mãos na primeira vez.”

Scanlan e sua equipe criaram uma marionete que deu ainda mais facilidade à Frank Oz para controlar. O objetivo era criar uma figura de Yoda que lembrasse bem sua aparição em Dagobah, na década de 80:

“Trabalhamos com um cenário muito parecido, onde Frank ficava no subsolo e a marionete em cima de sua cabeça, enquanto seus assistentes eram seus olhos e ouvidos, além de fornecerem mãos extras.”

O mais curioso é que esta marionete de Yoda, usada em Os Últimos Jedi, tem partes do modelo original, de Império Contra-Ataca. Scanlan contou que a Lucasfilm ainda tinha, por exemplo, o molde das mãos originais e pequenos pedaços que compuseram o boneco. O designer também revelou como foi criar o efeito especial que deixava Yoda como um Fantasma da Força:

“Lembro de ter dito ao Rian Johnson que, se fossemos fazer desta forma, não poderíamos deixá-lo com um efeito muito grande de fantasma, pois isso tiraria a alegria das pessoas em ver Yoda como algo sólido e real… Os caras adicionaram um brilho que ficou muito bom, que nos lembra que Yoda é mesmo um fantasma, mas que o torna real o suficiente para saber que você não está sendo enganado.”

Quem também falou com o Nerdist sobre o assunto foi Ben Morris, supervisor de efeitos especiais, que criou o efeito de Fantasma da Força de Yoda:

“Foi uma experiência maravilhosa. Digo, ter Luke Skywalker e Yoda na sua frente, no meio de um set real, com efeitos práticos, em um frio danado de noite, foi uma das melhores experiências que já tive. Me deu arrepios… Sobre o que eu realmente fiz, coloquei um brilho em voltado boneco e perguntei ao Rian, logo no início, ‘você quer que ele seja semi-transparente, como os personagens que vimos no passado?’. E ele disse ‘não, mantenha-o opaco’. Por isso os efeitos visuais para o personagem foram mínimos. Creio que ele seja apenas um grande trabalho de Frank Oz, Neal e sua equipe.”

Você também se surpreendeu com o surgimento de Yoda, durante o filme? Será que isso abre a possibilidade de vermos mais Luke Skywalker, no futuro?

Veja imagens de Star: Wars: Os Últimos Jedi em nossa galeria:

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha