Capa da Publicação

Raio Negro – Ator comenta o motivo da série ser tão importante atualmente!

Por Guilherme Souza

A série do Raio Negro, herói da DC Comics, está prestes a estrear, e muitos estão ansiosos para ver a primeira produção da editora inteiramente estrelada por um super-herói negro.

Além do herói principal, as filhas de Jefferson Pierce também irão interpretar heroínas, inclusive, uma delas será lésbica, assim como nos quadrinhos, o que nos leva a crer que essa será uma série que não tem medo de se arriscar.

Em uma recente entrevista com o Comic Book, o ator Marvin “Krondon” Jones III comentou sobre interpretar o vilão Tobias Whale, um mafioso que sofre de albinismo, e sobre a importância da série abordar a cultura e identidade negra:

“Ela é enraizada em uma corrida, assim como o mundo está agora,”explicou Krondon. “Eu acho que isso é relacionável com a vida real. Como, mesmo que seja um universo ou multiverso ou como quer que você queira chamar, certo? Ainda é muito atual. Está lidando com as verdades de atualmente, seja você uma mãe solteira, pai solteiro, estudante, gay ou hétero, preto ou branco, trevas ou luz, sabe? Está lidando com as verdades e a realidades que você pode lidar com propriedade em sua própria vida. E agora estamos abordando elas e abordando situações para que o mundo possa lidar com elas e com sorte, ter uma boa conversa sobre o assunto. É isso que eu espero que aconteça, que seja uma ótima conversa.

Falando sobre o Albinismo, Krondor afirma que isso também é parte das discussões que a série propõe:

“Existe muito assunto sobre o albinismo e existe muito assunto sobre pais solteiros,” continua Krondon. “Mulheres gay, todas essas coisas e eu não quero dizer que falaremos sobre isso de forma apressada, mas em nossa sociedade essas são coisas que você pode dizer que são assim. Agora podemos colocá-las no horário nobre. Estou tão animado.”

A série com certeza irá dar o que falar.

Veja imagens de Raio Negro em nossa galeria:

Raio Negro chega à Netflix em 23 de Janeiro.

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'