Quarteto Fantástico – Marvel finalmente explica a ausência dos heróis nas HQs!

Capa da Publicação

Quarteto Fantástico – Marvel finalmente explica a ausência dos heróis nas HQs!

Por Gus Fiaux

Em 2015, a Marvel deixou muitos fãs revoltados ao cancelar o título do Quarteto Fantástico, deixando a equipe “na geladeira” por um tempo. Agora, a editora acaba de liberar detalhes da décima primeira edição de Marvel Two-in-Oneonde vemos uma conversa emocionante entre o Coisa e o Senhor Fantástico. 

De acordo com Reed Richards, o motivo pelo qual ele e Sue Storm preferiram viajar pelo Multiverso ao fim das Guerras Secretas foi justamente porque os dois estavam cansados de ser super-heróis, e queriam apresentar aos seus filhos e às crianças da Fundação Futuro os mistérios do universo de um ponto de vista científico.

O herói revela que, no início do Quarteto Fantástico, eles eram aventureiros e exploradores, mas que com o tempo, eles acabaram se envolvendo demais nos dramas da comunidade heroica, e eram chamados o tempo inteiro para salvar o mundo.

Claro que isso deixa Ben Grimm completamente revoltado, mas Reed justifica o fato de não ter chamado ele ou o Tocha Humana pelo simples fato de que os dois eram heróis natos, e continuariam se metendo em ação o tempo inteiro. Então era melhor que eles ficassem na Terra, onde agiriam como super-heróis.

No fim das contas, Reed estava certo. Ele e sua família conseguiram viajar por locais indizíveis, conhecendo todos os mistérios do mundo afora. Já o Coisa acabou se juntando aos Guardiões da Galáxia, enquanto o Tocha Humana foi membro dos Inumanos e dos Fabulosos Vingadores por um tempo.

Confira, na galeria abaixo, uma imagem desse momento marcante:

Marvel Two-in-One #11 está à venda nas bancas norte-americanas, mas sem previsão de publicação no Brasil.

Fonte: Comic Book

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux