Capa da Publicação

Pantera Negra – Roteirista fala sobre os temas políticos e o momento do lançamento do filme!

Por Guilherme Souza

Pantera Negra é um divisor de águas no gênero de filmes de super-heróis, pois ele vai muito além dos padrões do gênero, e isso fica nítido quando analisamos que é o primeiro filme solo de um super-herói negro da Marvel, com um elenco majoritariamente negro e escrito e dirigido por homens negros.

O filme levanta diversas questões sobre representatividades sociais e de gênero, de maneiras inteligentes e inovadoras, que envolvem o espectador e fazem todo o sentido dentro do contexto da história.

Em uma recente entrevista, Joe Robert Cole, co-roteirista do filme, falou sobre como ele e Ryan Coogler planejaram a abordagem das questões que o filme levanta e como o momento do lançamento do filme é perfeito:

“Acho que começamos a escrever cerca de um ano e meio atrás. Existe uma dinâmica entre afro-americanos e africanos que queríamos explorar e tentar entender como abordar isso de uma maneira pessoal. Essa foi uma de nossas primeiras discussões e permaneceu ao longo de todo o projeto, tentávamos calibrar e entender isso dentro dos parâmetros da história. Então não sabíamos dizer, que naquele momento onde havia uma grande conscientização das coisas que isso existiria, mas eu acho que essas questões nos fizeram pensar algo como ‘Eu sou guardião dos meus irmãos?’ Alguns dos problemas que são abordados ou mencionados no filme com relação a raça, essas coisas não são novas, essas coisas são de séculos atrás. Então o momento que estamos fazendo isso, é um momento muito grande, o que eu acho que é incrível.”

O filme com certeza está sendo abraçado pelo público, e esperamos que ele tenha um efeito que vá além do mundo imaginário dos super-heróis.

Veja imagens de Pantera Negra em nossa galeria:

Pantera Negra já está em cartaz nos cinemas.

Fonte: Bleeding Cool

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'