Capa da Publicação

Linha do tempo do Universo Marvel é reescrita em novo quadrinho!

Por Felipe Vinha

A Marvel Comics fez de novo. Graças a mudanças recentes vistas na segunda edição da revista Marvel Two-In-One, agora Ben Grimm, Victor Von Doom e Reed Richards, dois membros do Quarteto Fantástico e um futuro vilão, cursaram a faculdade juntos em 1998, como mostrado em um dos paineis. O que leva a entender que o acidente que criou a equipe ocorreu apenas no ano de 2001.

Quando iniciaram, os quadrinhos da Marvel Comics colocava o surgimento dos heróis na década de 60, alinhados com a cronologia daquela época. Porém, ao longo dos anos, os escritores tratavam o Universo Marvel como algo que existia há apenas 7 anos, mesmo após anos de cronologia.

Isso, claro, criou algumas inconsistências, como a revista mensal do Surfista Prateado de Dan Slott, que colocou a primeira invasão de Galactus na Terra há 12 anos, enquanto Heróis Renascem, nos anos 90, contou que Ben Grimm e Reed Richards lutaram na Guerra do Golfo, juntos, em 1991.

Em ocasiões passadas, o próprio Stan Lee já explicou aos leitores, por meio das antigas seções de cartas das publicações, que o tempo nos quadrinhos Marvel se passa de forma diferente do mundo real. Enquanto uma edição pode durar um dia na vida do herói, não quer dizer que o próximo número seja no dia seguinte, mas sim na próxima semana ou mês.

Mesmo assim, a necessidade de adaptação ao longo dos anos, e dos chamados “retcons”, que contam a cronologia de forma retroativa, surgem, como justamente ocorreu nesta edição de Marvel Two-In-One. Como o Quarteto Fantástico foi o grupo que inaugurou o Universo Marvel, isso nos deixa com um total de 17 anos de existência para todo o mundo da editora, atualmente.

Apesar de ter publicado esta edição, a Marvel não se pronunciou a respeito da nova cronologia, mas, aparentemente, o “reset” realmente rolou – o que não significa que histórias passadas precisem ser desconsideradas.

Veja momentos da revelação, em nossa galeria:

Fonte: CBR

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha