Capa da Publicação

Justiceiro perde a armadura do Máquina de Combate nas HQs!

Por Gus Fiaux

Atenção: Alerta de Spoilers!

Justiceiro tinha acabado de passar por uma mudança bem significativa nas HQs. Após o fim da Guerra Civil II, com a morte de James Rhodes, o anti-herói havia roubado a armadura do Máquina de Combate, e estava usando-a para manter sua guerra urbana contra criminosos de uma forma bem mais autoritária e violenta. Contudo, essa era acaba de chegar ao fim, graças a The Punisher #228, que foi às bancas americanas na última quarta-feira.

Puxando um histórico mais antigo, vale lembrar que Rhodes havia ressuscitado no título mais recente do Homem de Ferro. O herói voltou à vida graças à inteligência de Tony Stark, mas decidiu que não quer voltar para uma armadura, devido aos seus traumas. Em vez disso, ele agora encontrou uma nova forma de ser um super-herói: pilotando a Mantícora, um veículo blindado capaz de voar e com alto poder de fogo.

Eis que, na mais recente história de Frank Castle, acompanhamos o Justiceiro envolvido em uma ferrenha briga contra o Barão Zemo e o Homem de Ferro, cada um de um lado, forçando-o a abandonar a armadura de combate. No meio do confronto, Rhodes chegou com a Mantícora e começou a conversar com Castle. Ele falou que a armadura era um item heroico e que não podia ser usado para alguém que tivesse interesse em matar.

Assim sendo, o Justiceiro decidiu devolver o traje e se entregar às autoridades, pondo um fim à sua era como Máquina de Combate. Porém, como Rhodes não deve usar a armadura tão cedo, ainda não sabemos o que será feito com ela. É possível que ela passe para algum novo herói ou só fique “de molho” por algum tempo, enquanto Stark faz algumas melhorias. Afinal de contas, sabemos que Rhodes vai usá-la uma hora ou outra…

Confira as imagens desse encontro abaixo:

The Punisher #228 está à venda nas bancas norte-americanas. Ainda não há previsão de lançamento da revista no Brasil.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux