Capa da Publicação

Guardiões da Galáxia Vol. 3 – Ator diz que é “repugnante” trabalhar para Disney depois do “caso James Gunn”!

Por Guilherme Souza

Desde que o diretor James Gunn foi demitido de Guardiões da Galáxia Vol. 3, devido à exposição de tuítes antigos em que o diretor fazia piadas com pedofilia e estupro, o ator Dave Bautista, o Drax, tem manifestado publicamente seu apoio a Gunn e pedido que a Disney reconsiderasse sua decisão.

Mesmo depois que o elenco dos Guardiões da Galáxia publicou uma carta aberta em apoio ao diretor, o estúdio não se manifestou novamente sobre o assunto e a demissão foi mantida, porém Bautista não parece ter se dado por vencido. Em um novo post de seu Twitter, o ator fez um desabafo sobre como se sente em relação ao que está acontecendo e disse estar repugnado por ter que continuar a trabalhar com a Disney.

“Eu farei o que sou legalmente obrigado a fazer, mas os Guardiões sem o James Gunn não é o que estava no meu contrato. Guardiões da Galáxia sem o James Gunn apenas não é Guardiões da Galáxia. Além disso, é bem repugnante ter que trabalhar para alguém que dá poder a uma campanha de difamação feita por fascistas, cibernazistas. É assim que eu me sinto.”

A demissão de Gunn levantou inúmeras discussões na internet em relação à decisão tomada pela Disney, onde muitos apoiam veementemente o estúdio pela decisão e outros pedem a recontratação de Gunn. Com a demissão do diretor, o futuro de Guardiões da Galáxia Vol. 3 ainda é incerto, já que Gunn havia finalizado o roteiro do longa recentemente e não sabemos se a Disney irá utiliza-lo.

Veja imagens de Capitã Marvel, próximo filme da Marvel Studios:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'