Capa da Publicação

Eu Sou a Lenda – Diretor explica porque uma sequência do filme nunca foi feita!

Por Guilherme Souza

O filme Eu Sou a Lenda, que mostrava Will Smith em um futuro pós-apocalíptico, foi um sucesso de bilheteria, com isso, era óbvio que o estúdio planejava lançar mais sequências do longa, entretanto, eles não sabiam como fazer isso

Algumas ideias para os filmes prévios mostravam o Robert Neville, vivido por Smith, tentando resgatar alguns sobreviventes e levá-lo para Washington, onde se encontrariam com um elefante zumbi pelo caminho. Outra ideia para uma sequência mostrava o personagem sendo revivido através de um processo de clonagem, mas tudo acabou sendo abandonado.

Em uma recente entrevista, Francis Lawrence diretor do filme original, revelou que todas as ideias de longas derivados do filme original foram abandonadas, pois eram todas ruins.

“A Warner queria muito, muito, MUITO, que algo fosse feito, e eu não sabia como fazer… Logo depois que o filme foi lançado, vinham até mim e diziam ‘As pessoas vieram ver O Último Homem da Terra. Já fizemos o último homem na Terra, ele morreu, não podemos fazer de novo.’ Mas as pessoas não se apaixonaram pelo personagem. Não é o Indiana Jones, esse tipo de personagem icônico que você quer ver de novo e de novo.  

E eu me senti forçado a fazer um prequel, e ele seria basicamente igual ao filme Contágio. E fazer uma sequência em que Will não estivesse nela, ou fazer algo muito idiota, que é você sabe, ‘Cientistas pegaram o DNA dele e o reanimaram de alguma forma!’ E isso seria muito estúpido, então eu caí fora.” 

As ideias realmente não parecem ser boas e poderiam acabar manchando o nome da franquia, como já vimos acontecer inúmeras vezes, onde temos um primeiro filme extremamente bom, e sequências deploráveis.

Veja imagens de Will Smith em nossa galeria de Bright:

Fonte: Screen Rant

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'