Capa da Publicação

Capitã Marvel – Samuel L. Jackson revela diferenças entre versão jovem e velha de Nick Fury!

Por Equipe Legião dos Heróis

Em Capitã Marvel, veremos a história de origem de Carol Danvers, interpretada por Brie Larson. O filme será ambientado na década de 1990 e, além da piloto que dá nome ao filme, também veremos um Nick Fury mais jovem e menos experiente, bem diferente do personagem que conhecemos nas telonas – tão diferente que até o ator que o interpreta, o veterano Samuel L. Jackson, o estranhou.

O Nick Fury de Jackson já apareceu, até então, em oito filmes do universo cinematográfico da Marvel. E depois de 10 anos encarnando-o, o ator confessa que estranhou algumas de suas falas ou ações. Ele contou isso em uma entrevista cedida ao EW, onde detalhou um pouco mais sobre a versão jovem de seu personagem que veremos no filme da Capitã Marvel.

“Eu leio alguma [cena] e leio como o Nick Fury do presente e penso ‘Ele nunca faria isso’. E eu concluo ‘Oh, espere um minuto. Ele ainda não chegou lá’”.

Jackson admite que se tornou uma espécie de guardião do personagem da Marvel e que gostou de ter explorado as origens do Fury, todo inexperiente e com dois olhos ainda. Inclusive, o ator hoje está com 69 anos, então contou com efeitos visuais para que parecesse mais jovem neste papel.

“O [jovem] Nick Fury que conhecemos é uma espécie de burocrata de uma maneira interessante. Ele não se cansou ou [se tornou um] escravo do cinismo como normalmente vemos. Ele meio que respeita as pessoas que estão acima dele, mais do que o Nick Fury que as pessoas estão acostumadas”.

Em Capitã Marvel, também veremos o primeiro encontro de Fury com um novato agente Phil Coulson, interpretado por Clark Gregg novamente.

“Ele tem um senso de humor maior do que qualquer coisa que eu já fiz antes”, diz Jackson sobre o ator.

Além do encontro entre os dois, mais surpresas estão prometidas nesse sentido. E outra coisa que Jackson comentou é sobre o encontro de Fury com a própria super-heroína do filme, que é parte humana e parte Kree. Neste momento, segundo Jackson, seu personagem percebe que o mundo é maior do que ele imaginava. Confira:

“Este é um momento de mudança de mentalidade e mudança de atitude para ele, que o leva a se tornar a pessoa que conhecemos. Ele [agora] entende que existem outras coisas por aí. Ele entende que eles não são todos inimigos, e precisamos encontrar aliados que tenham tipos específicos de habilidades que os humanos não tenham. E tentar convencer as pessoas acima dele é uma tarefa difícil porque elas não viram ou experimentaram isso”.

Jackson e Larson, inclusive, já atuaram juntos em Kong: A Ilha da Caveira e desde então não se reencontraram mais; o que mudou nas filmagens de Capitã Marvel. O ator também fez alguns comentários sobre a atriz que viverá a super-heroína do longa:

“Ela tem a força do personagem. Ela é uma figura interessante no mundo [com o movimento] Me Too e a força das mulheres e tudo o que está acontecendo no mundo agora. Ela é uma figura essencial nisso. E colocá-la nessa posição, neste papel em particular, em um filme como este, que é impulsionado pelo feminismo de uma forma muito interessante… É apenas a escolha certa”.

Fique com as imagens de Capitã Marvel divulgadas pela EW recentemente:

Capitã Marvel estreou nos cinemas dia 7 de março de 2019.

Fonte: Comic Book

Imagem de perfil
sobre o autor Equipe Legião dos Heróis

"Você já dançou com o demônio sob a luz do luar?"