Capa da Publicação

Batman e Mulher-Maravilha – Escritor rebate críticas contra nova revista da dupla!

Por Felipe Vinha

Batman e Mulher-Maravilha terão uma revista juntos, Brave & the Bold: Batman and Wonder Woman, conforme anunciado em novembro do ano passado. O problema é que a primeira edição nem mesmo chegou às lojas ainda, mas já recebeu inúmeras críticas dos fãs.

As críticas variam entre pessoas que gostariam de ver a heroína atuando ao lado do Superman, e não de Batman, além daqueles que acham que um provável par romântico entre Diana Prince e Bruce Wayne seria injusto, tendo em vista que os dois possuem romances atuais – como Steve Trevor e Mulher-Gato, respectivamente. Houve até quem reclamou de “Objetificação masculina”.

Liam Sharpe, roteirista e artista responsável pela publicação, resolveu usar sua página no Facebook para rebater as críticas.

Leia a mensagem, na íntegra:

Muitas pessoas estão me odiando por escrever e desenhar uma série que une Batman e Mulher-Maravilha. Parte deste ódio está nas pessoas que ‘shipam’ Mulher-Maravilha e Superman. Outra parte está vindo de pessoas que acham que vou separar Diana e Steve – não irei. Alguns deles são pessoas que acham que Diana não deve ficar com nenhum homem, pois isso seria um clichê de objetificação masculina. Me chamaram a atenção por mencionar que haveriam referências para quem ‘shipa’ Batman e Mulher-Maravilha, o que deixou algumas pessoas cheias de raiva. Disseram que eu apoiava traição por sugerir ser possível ter outras relações antes de você conhecer alguém e casar. Essas coisas acontecem e as pessoas se separam, as pessoas cometem erros. Há espaço para explorar muitas relações no melodrama. Mas aparentemente isso não é verdade para alguns.

 

Essas são algumas coisas que me afastam de interagir online. Está cada vez mais difícil se fazer presente para os fãs de maneira positiva, por conta disto. A saída fácil é dizer ‘ignore os trolls’. Ao fazer isso, damos espaço para este tipo de comportamento crescer.

 

Estive ausente das redes sociais, exceto por uma publicação de arte, por semanas – e tem sido uma benção. Produzi o melhor trabalho que já fiz. Voltei para dar um destaque à minha série e publicar mais algumas artes – eu estava animado! Mas tudo que recebi foram agressões e coices. Estou me afastando cada vez mais do Twitter, em particular. Simplesmente não vale a pena. Eu foci sete dias por semana, mais de 12 horas por dia, tentando fazer algo bonito e divertido, com histórias destes personagens que eu amo e respeito. Isso é tudo que fazemos. Histórias que mexam com as pessoas, em alguns casos deixem com raiva, em outros com tristeza, algo diferente disto seria sem sentido.

 

Os personagens ‘resetam’. Eles sempre voltam a qualquer versão que seja a mais amada. Os tempos mudam, nossa ideia do que é certo muda, bem como nosso senso de ética e responsabilidade. Nós crescemos. Iremos, é claro, também cometer erros e quebrar alguns ovos pelo caminho. Isso deveria ser permitido. Como aprenderemos sem correr risco? Que tipo de grandes coisas conquistaremos sem ousadia, bravura e sem se arriscar?

 

E sim, isso te pega. Quando você trabalha duro é impossível não ficar desanimado. Isso tira sua alegria, te faz duvidar e pensar duas vezes. A dúvida é a inimiga da criatividade. Por isso, novamente, defendo minha decisão de ficar (na maior parte do tempo ) longe das mídias sociais, exceto para publicar uma arte aqui e ali. Mas, como já aprendi, até isso pode ser o bastante para iniciar uma nova tempestade.

O escritor realmente parece chateado com a situação. Você concorda com as críticas feitas à revista?

Brave & the Bold: Batman and Wonder Woman sai nos EUA apenas em 21 de fevereiro e ainda não tem previsão para chegar ao Brasil.

Enquanto não lemos o material, fique com imagens do filme da Liga, onde também rolou alguma “tensão romântica” entre Bruce e Diana:

Fonte: Comic Book

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha