Capa da Publicação

Aquaman – Geoff Johns explica como sua obra influenciou o filme!

Por Gus Fiaux

Ao final deste ano, a DC Comics parece estar se reinventando no cinema. Agora, teremos o filme solo do Aquaman, que será comandado por James Wan e que já tem conquistado muitos fãs, principalmente após o lançamento de seu primeiro trailer oficial. E pelo que sabemos, o longa terá bastante inspiração na obra de Geoff Johns. 

Para quem não se lembra, Johns foi responsável pela fase do personagem nos Novos 52. De acordo com muitos fãs, esse é um dos melhores arcos do herói subaquático e foi responsável por trazer mais honra para Arthur Curry. Agora, em entrevista ao Comic Book, Johns disse como sua obra pode afetar o longa.

Inicialmente, ele falou sobre James Wan, e como o diretor está ansioso para trazer honra ao personagem icônico dos quadrinhos:

James Wan realmente escolheu o filme. Ele é um diretor incrível e disse: ‘Eu quero fazer o Aquaman’. Ele adora o Aquaman clássico, os cavalos marinhos, o Mestre dos Oceanos, a camisa de escamas laranja. Ele queria fazer tudo isso. Ele me disse: ‘Eu quero ver o Aquaman icônico’. Você pode até ver que o cabelo de Jason Momoa está mais loiro agora.”

Posteriormente, ele deixou claro qual será sua maior contribuição para o longa. E para a surpresa geral, trata-se do Arraia Negra, personagem que será interpretado por Yahya Abdul-Mateen II. De acordo com ele, foram suas próprias ideias que ajudaram a definir a participação e a adaptação do vilão no longa:

“Nós falamos sobre o Arraia Negra, no que diz respeito ao que eu e Ivan [Reis] fizemos nos Novos 52. O que eu mais amo sobre o Arraia Negra é o quanto ele é misterioso e determinado. Ele é incontrolável. O problema é que ele era como o Boba Fett do Universo DC, na minha cabeça. Ele era apenas um tubarão. Nós exploramos o passado emocional de David Caine nos Novos 52, e fazemos muito disso no filme do Aquaman também. O fato de que sua arma favorita é uma faca, e o que essa faca representa para ele mostram o quanto esse personagem pode ser brutal. Ele não é um personagem que pode ser excessivamente emocional, embora seja emocional em seu interior.”

Johns também pode não ter falado, mas teve um papel fundamental para o filme, como vem tendo já há alguns anos. Ele se tornou o chefe criativo da DC Entertainment, e ficou responsável por supervisionar os longas dos Mundos da DC desde Mulher-Maravilha, enquanto ajuda a estabelecer a coesão e coerência desse universo.

Abaixo, fique com imagens do longa:

Aquaman estreou nos cinemas dia 13 de dezembro de 2018.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux