Capa da Publicação

Novo vídeo explica qual o maior problema no Universo Estendido da DC!

Por Márcio Jangarélli

Em um novo vídeo, o analista de filmes Patrick Willems discute qual é o verdadeiro problema das novas produções DC. E, ainda que ele pontue o tom obscuro em certo momento, segundo Willems, a coisa é mais profunda que apenas divertimento e edição.

Segundo Willem, o erro da DC Films está na construção de seus personagens. A empresa aposta demais no público já conhecer e amar os heróis, mas esquece que isso vale para outras versões deles, não as novas. Os fãs amam o Superman dos quadrinhos, das animações e dos filmes antigos, não esse. O mesmo vale para o Batman – ainda que em menor escala – para o Esquadrão Suicida e pode acontecer com a Mulher-Maravilha.

Simplesmente pelo fato das narrativas não construírem os personagens. Eles não são desenvolvidos, permanecem estáticos do começo ao fim da história. O Superman, por exemplo, não possui uma grande motivação, uma mudança, um “porquê” de estar salvando o mundo. Diferente dos filmes da Marvel, que em despeito de serem “feios” – como Willem coloca em outro vídeo – ou seguirem uma certa fórmula, dão profundidade e arcos completos para seus heróis.

O exemplo que Willem dá é simples: assistindo Esquadrão Suicida, quando o Batman e o Flash aparecem, ele ouviu uma reação morna do público. Lá atrás, em Thor 2: O Mundo Sombrio, quando o Capitão América surge, por apenas 10 segundos, o cinema explodiu em gritos. Tudo isso pelo fato dos fãs se importarem com aquele Capitão América.

Confira o vídeo abaixo, com a análise de Willem:

O próximo filme agendado da DC é Mulher-Maravilha. Veja nossa galeria com imagens da produção:

Mulher-Maravilha está em cartaz nos cinemas.

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.