Capa da Publicação

Mulher-Maravilha – Diretora do filme fala sobre o tributo para Lynda Carter!

Por Cristiano Rantin

Ao longo dos seus mais de 75 anos de história, Mulher-Maravilha já teve muitas conquistas desde sua estréia na DC Comics, incluindo o sucesso estrondoso que o filme em live-action da heroína fez. Mas antes de ter Gal Gadot como Diana, uma outra atriz brilhava no papel da poderosa amazona: Lynda Carter.

A atriz que atualmente participa de Supergirl, viveu a Mulher-Maravilha na clássica série da heroína nos anos 1970. Agora, em uma entrevista para a Today at Apple, Patty Jenkins, a diretora por trás do sucesso nos cinemas, falou sobre como o filme faz uma homenagem para Lynda e sua interpretação da personagem.

Ela disse que, no momento em que Diana remove seu capuz e coloca a tiara de sua tia Antíope, instantes antes de entrar na Terra de Ninguém, isso foi um tributo para a Diana interpretada por Lynda:

É uma homenagem para várias coisas diferentes, mas eu acho que era parte de, tipo, como ela entra na batalha e tem a tiara da Antíope […] sim, ela não teria um coque [de cabelo, como era utilizado por Lynda na série], então eu acho que sim, isso foi uma homenagem para toda a cultura dela e para Lynda Carter tmb.”

Jenkins também falou sobre como a maneira que a câmera se move nesta cena, circulando Diana, era uma homenagem ao clássico giro que a personagem dava para se transformar na série:

A maneira que a câmera se movimenta foi muito [uma homenagem]… Eu sabia que a gente não poderia fazer o giro, mas eu queria isso, então era ela se virando e [a câmera] girando ao seu redor, então essa foi a nossa maneira de prestar um tributo para tudo [que Lynda fez] naquele momento.”

O que vocês acharam dessa homenagem? Estão animados para ver mais da heroína nos cinemas?

A próxima aparição de Diana vai ser em Liga da Justiça. Confira abaixo a nossa galeria sobre o filme:

Liga da Justiça já está em cartaz nos cinemas.

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"