Capa da Publicação

Mulher-Maravilha – Atriz que interpretou a Batgirl não entendeu o sucesso do filme!

Por Lucas Rafael

Em uma entrevista recente, Alicia Silverstone, que deu vida para a Batgirl em Batman & Robin, não compartilhou do entusiasmo geral quando se trata do novo longa da Mulher-Maravilha, estrelado por Gal Gadot. Não que Alicia tenha odiado o longa, ela só acha que as reações pelo filme ser “o primeiro com uma protagonista feminina” são desmedidas. A atriz não parece achar a premissa nada especial:

“Antes de Mulher-Maravilha existiram outros filmes com protagonistas mulheres, então eu fico um pouco confusa.”

Silverstone continuou:

“Nós fizemos avanços, é claro. Eu penso sobre todas aquelas comediantes mulheres que fizeram sucessos massivos? Existe ‘Missão Madrinhas de Casamento.'”

A atriz mencionou até um de seus próprios filmes:

“Não sei. Sinto que, através dos anos existiram ‘Meninas Malvadas’, ‘As Patricinhas de Beverly Hill’, através dos anos tivemos tantos filmes com mulheres.”

O que parece estar irritando Silverstone é o fato de Mulher-Maravilha estar sendo chamado por alguns como o primeiro sucesso de bilheteria feito por mulheres, quando na verdade não se trata disso, e sim do primeiro filme de heróis protagonizado por uma mulher que conseguiu agradar críticas e audiências. No cinema atual dominado pela DC e pela Marvel, é um feito inegável.

A atriz revelou também não ser uma grande chegada dos blockbusters atuais:

“Tem de ser a ‘Mulher-Maravilha.’ Tem que ter toneladas de brilho, certo?. Tipo, quando você está olhando para filmes de criança hoje em dia, como uma mãe, eu não quero que minha criança veja isso. Efeitos altos, toda essa coisa que é tipo, estimular, estimular! Mas é isso que as audiências querem, então é uma situação complicada…Nós fizemos avanços, é claro…uns passos pra frente e uns pra trás.”

E aí, o que achou das opiniões de Silverstone? Conte pra gente nos comentários.

Confira também nossa galeria para Mulher-Maravilha:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Entusiasta de coisas demais