Capa da Publicação

Logan – Diretor revela que machucado de Christian Bale ajudou filme a ser feito!

Por Cristiano Rantin

Agora, continuando sua série de entrevistas sobre o longa, o diretor James Mangold conversou com a Empire Online, explicando alguns detalhes sobre a produção do filme e escolhas que ele acabou fazendo.  

[Logan] Foi uma jornada estranha. Depois que terminei Wolverine: Imortal, eu iria fazer um filme de detetive chamado ‘The Deep Blue Good-By’ com o Christian Bale,” revelou o diretor “Eu havia gasto os dois últimos anos no modelo Marvel e eu realmente estava procurando por uma escapada. Quatorze dias antes de começarmos a filmar, Christian acabou machucando seu joelho e não conseguiria performar, então o filme acabou sendo cancelado. Esse foi um filme sombrio e uma jornada para o abismo. Eu estava com o coração partido por causa disso, e acho que trouxe muito dessa ambição para Logan”.

Quem assistiu o filme pode perceber que ele não perde muito tempo tentando dar explicações muito detalhadas sobre o contexto em que o filme acontece, sendo cheio de referências sutis e informações que são apresentadas rapidamente. Sobre isso, Mangold fala:

“Eu acho que interpretações interessantes acontecem em filmes com menos informação. Na maioria dos filmes modernos, nos matamos com sucesso o ato da alegoria ou metáfora, ou ainda o significado e o espaço para processar o sentido poético das imagens porque nós não permitimos que as coisas aconteçam em cena sem comentários extremamente longos sobre isso”.

O diretor continua:

“Nós simplesmente não conseguimos deixar uma imagem se assentar, por causa do medo que temos de que nosso público não consiga ficar sem olhar para o seu celular durante aquela cena. Nós não deveríamos fazer filmes para os mais burros entre nós. Existe algum momento onde você tem que tirar um instante para se perguntar ‘o que eu estou dizendo?’ E não é apenas sobre a violência ou sobre contradizer algo que é cânone nos quadrinhos, mas problemas maiores. O que eu estou dizendo sobre a vida? Eu estou realmente ajudando as pessoas a continuarem anestesiadas e ignorantes? Eu estou contribuindo para o problema?”

Questiona Mangold que, com toda certeza, conseguiu produzir uma obra que foge do didatismo presentes na maioria dos filmes atuais.  

O que vocês acharam da declaração do diretor? Concordam com ela ou acham que ele deveria ter investido em maiores explicações durante o filme?

Confira abaixo a nossa galeria com algumas imagens do filme:

Logan está em exibição nos cinemas!

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Mestrando em Comunicação Social pela UEL • Bruxo • Twitter: @ChrisRantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"