Capa da Publicação

Justiceiro – Ator fala sobre como o personagem será nada heroico na série da Netflix!

Por Gus Fiaux

Após o lançamento de Os Defensores, todos os olhos se voltarão para Justiceiro, que chega à Netflix no final do ano. O anti-herói da Marvel foi recebido com louvor na segunda temporada de Demolidor, e está retornando para sua série solo, protagonizada por Jon Bernthal.

Recentemente, o ator conversou com o Moviefone, onde falou sobre os desafios em se criar um personagem tão complexo quanto Frank Castle. Ele disse que seu maior desafio foi “virar as costas para o público” e criar um personagem que, em sua essência, não é nada heroico:

“É um dilema interessante. Colocar o Justiceiro como protagonista é interessante. Eu acho que minha maior luta com ele é algo pelo qual estou sempre brigando no set, que é o fato de eu sempre querer preservar a essência de Frank e preciso ter a certeza e ser corajoso o suficiente para virar as costas para o público, não fazendo as coisas a favor deles, mas em vez disso, me manter fiel ao personagem e sua essência.”

Isso já é algo esperado quando o assunto é o Justiceiro. O personagem é um anti-herói que, apesar de possuir uma legião de fãs, possui um histórico um tanto quanto complicado para se criar empatia. Ainda assim, Bernthal afirma que fará da jornada de Castle uma linha clara, com base no evento mais triste de sua vida: a perda de sua família.

“Eu acho que esse é o desafio real: ser corajoso o suficiente para não torná-lo heroico demais é importante para mim. Tendo dito isso, eu acho que há um Frank Castle dentro de todo mundo. Eu acho que pelo fato dele ser um pai e um marido, eu sinto bastante empatia por ele.”

Abaixo, confira imagens da série:

Justiceiro estreia no final do ano, na Netflix.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux