Capa da Publicação

Guardiões da Galáxia – James Gunn explica porque os filmes possuem cenas de créditos iniciais!

Por Gus Fiaux

Uma moda que está cada vez mais em desuso em Hollywood é a dos créditos iniciais – mesmo com algumas exceções memoráveis aqui e acolá, como Deadpool Guardiões da Galáxia. Tratam-se das sequências que apresentam o elenco e a equipe de produção, geralmente acompanhadas de cenas divertidas e que não têm tanta relevância para o desenrolar da trama.

Em sua franquia espacial, James Gunn decidiu que os dois filmes deveriam ter sequências de créditos iniciais, uma melhor que a outra. No primeiro filme, vemos o Senhor das Estrelas fazendo sua busca por uma mercadoria poderosa, enquanto na continuação, Baby Groot dança despreocupadamente entre tiros e um monstro espacial.

Recentemente, o cineasta foi questionado sobre a inclusão dessas sequências, e citou uma inspiração bem interessante:

“Porque eu as escrevi no roteiro – eu me apaixonei por sequências de créditos iniciais divertidos desde criança, quando eu assistia Grease.

Grease: Nos Tempos da Brilhantina, de 1978, tem uma sequência bem memorável de créditos iniciais, que mostra os personagens do filme em uma animação antes mesmo que eles apareçam – você pode relembrar esse clássico aqui. Faz sentido que Gunn tenha decidido fazer duas sequências com grande influência musical e momentos divertidos. E a nós, resta esperar que o Vol. 3 traga uma abertura tão boa ou melhor que as anteriores.

Abaixo, veja algumas imagens e artes conceituais do Vol. 2:

Guardiões da Galáxia Guardiões da Galáxia Vol. 2 estão disponíveis em DVD e Blu-Ray.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux