Capa da Publicação

Dragon Ball Super: Ep. 108 – O Show do Freeza!

Por Márcio Jangarélli

Seguindo várias especulações de traição e rumores sombrios, finalmente tivemos um capítulo do Torneio de Poder focado no Freeza e, novamente, para quem estava achando que era agora que o vilão se viraria contra seu próprio universo, ele surpreendeu. Bom, se levarmos em conta a natureza do personagem MESMO, não foi bem surpresa.

Enquanto em um canto da Arena temos Goku e Bribrianne lutando e os Deuses da Destruição dos universos salvos fazendo suas apostas em quem sairá vencedor daquilo tudo, do outro o Gohan estava em um duelo difícil contra Yardratiano do Universo 2. Vale uma nota aqui para a tensão de alguns desses Deuses quando eles lembram que isso poderia estar acontecendo com qualquer um deles.

A luta do Gohan só estava difícil porque ele queria, pra ser bem sincero. O rapaz sofre do mesmo problema do Goku e, por mais que seja interessante economizar sua energia, apanhar pra caramba não é a melhor ideia também, né? É então que surge o protagonista desse capítulo pra dar uma mãozinha escorregadia pro companheiro de equipe.

Não dava para esperar menos do Freeza: ele acaba a batalha em segundos e surra o Jemez ao ponto de deixar qualquer um que não está acostumado com a maldade dele – tipo uns 20 e tantos anos de costume – chocado. Uma coisa interessante é que, durante a batalha, ele repete várias vezes que o teleporte do Yardratiano não vai funcionar. Primeiro porque essa raça existe no Universo 7 e o Freeza conhece, segundo por conta do Goku. Inclusive, vale lembrar que o Goku só aprende o teleporte por causa da explosão de Namekusei, quando ele vai parar em Yardrat.

Eis que surge, então, o “Freeza da outra dimensão” aplaudindo a habilidade da sua contraparte. Como suspeitamos lá atrás, Freeza e Frost tinham feito um acordo antes do Torneio começar para eliminarem os Saiyajins juntos e expurgarem seu ódio pela raça na Arena.

Uma conversa paralela bem interessante – e que não perde o sentido depois do desenrolar dessa batalha – surge entre as divindades do 7. O Whis sugere que a verdadeira intenção do Freeza é ser o último competidor na Arena, ganhar o Torneio e, assim, as Super Dragon Balls para ter o poder de “matar um Deus”. O Beerus fica maluco com isso, mas aí fica a questão: qual a extensão dos poderes das Super Dragon Balls? Já vimos o estrago que elas podem fazer no caso do Zamasu e pelo comentário do Whis, elas afetariam o Beerus, mas elas iriam até os Zen-Oh’s ou os Anjos? Perguntas, perguntas…

Voltando pra batalha, cartas na mesa, Freeza e Frost vs Gohan. O problema é que, se você acompanhou Z ou até o Renascimento de F, já dá pra saber o quanto isso está furado de cara. Existe uma coisa que o Freeza odeia mais que Saiyajins e isso é GENTE FRACA.

Toda a luta com o Gohan foi uma armação genial da parte do vilão, que atingiu todos os seus objetivos. Não só ele causou terror em todo mundo, o que é um bônus, mas ele humilhou o Frost, deixando ele sentir a extensão de um poder que nunca atingiria, eliminou sua contraparte covarde com um único ataque e ainda testou as regras do Torneio e o quanto a equipe do 7 confia nele. Sem contar que, se tudo saísse errado, ele poderia simplesmente eliminar Gohan e Frost e seguir daí – os Zen-Oh’s estavam entretidos com a traição.

E pra fechar, “NÃO PODE!“. Mais uma ação macabra dos Zen-Oh’s, apagando o Frost da existência do nada, ameaçando a continuidade do próprio Universo 6 se saírem da linha novamente. Deve ter sido um alívio para o dublador do Freeza, pelo menos.

A pergunta que fica é: até onde o Freeza vai cooperar? Todas as vezes que parecia que ele ia dar o bote, não rolou nada. Talvez, quando todos menos estiverem esperando, seja a hora que ele vai trazer todo seu eu maligno à tona de volta. Quem sabe?

E aí, gostaram do episódio? Para o próximo capítulo, Goku vs Jiren! Está na hora de vermos o Cinzento em ação contra o protagonista. Ansiosos? Não esqueçam de comentar!

Confira nossa galeria com imagens de Dragon Ball Super:

Você pode assistir os novos episódios de Dragon Ball Super todos os sábados, pela Crunchyroll. Não perca nossa review semanal todas as segundas, aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.