Capa da Publicação

Boruto: Ep. 24 – Tempos sombrios se aproximam do Mundo Ninja!

Por Márcio Jangarélli

Depois do trabalho sensacional com a Sarada e a família Uchiha nas últimas semanas, só nos resta esperar que os próximos passos de Boruto sejam tão bons quanto, certo? Pelo menos, as propostas apresentadas nesse episódio parecem promissoras.

Em despeito das insinuações de romance entre Boruto e Sarada – galera, é muito cedo pra isso ainda, bem desnecessário – o capítulo trouxe dois focos super legais: o crescimento da relação entre os dois quase-ninjas (enquanto o Mitsuki só fica na dele, observando) e a reunião dos cinco Kages em Konoha, o Gokage Kaidan.

Antes de entrar nesses dois pontos, vale citar as cenas entre o Konohamaru e a Sarada. Não só o anime tirou um tempo para relacionar a história dos dois – uma construção para o que está por vir – que encontraram um exemplo no Naruto, mas reaprendemos como o Sharingan funciona! Depois de tanto tempo, transplantes, mutações, monstros, chamas negras, dilatações temporais e tudo mais, até parece simples de entender, né? Foi bacana ver que, ainda que a última saga tenha sido para os fãs mais velhos, a série está completamente focada nos mais novos.

A única coisa que não ficou tão legal ali foi a sugestão de uma mudança nas motivações do Boruto. Gente, nem todo mundo quer ser Hokage, o menino pode sim seguir um caminho diferente, como o filme tinha deixado implícito. Pegando esse gancho, vamos para a relação entre Boruto e Sarada.

Talvez – e vamos deixar um talvez muito grande aqui – esses sejam o “Naruto e Sasuke” que vão dar certo. No quesito sem todo aquele dramalhão de revirar o olho, que fez decair boa parte da história passada. A Sarada é a mistura perfeita do melhor da Sakura com o melhor do Sasuke, enquanto o Boruto, por mais que seja irritante até agora, vai amadurecer muito em breve.

Os dois tem bastante de seus pais, mas não são eles nem na forma de lutar – e isso é sensacional. Boruto deu sorte porque a Sakura não ensinou os socos dela para a filha ainda. A batalha dos dois no monumento dos Hokages foi, por algum motivo que eu não sei bem explicar, especial.

Opa, falando sobre Hokage, o Nanadaime não foi o único Kage nesse episódio. Como foi dito antes do arco de Naruto Gaiden começar, um “Gokage Kaidan” estava para acontecer em Konoha e foi o que rolou aqui. Naruto, Gaara, Darui, Kurotsuchi e Chōjūrō, a nova geração de líderes, se reuniram a pedido do próprio Nanadaime, que estava mantendo um segredo dos outros há muito tempo.

Vejam bem: se as épocas fossem outras e se essas pessoas não fossem amigas do Narutinho – e se ele não fosse o ninja mais poderoso do planeta, talvezisso seria razão para ele perder a cabeça ali. No mangá, essa informação foi passada bem antes, mas, no anime, só agora o Nanadaime contou sobre as suspeitas da grande ameaça para qual a Kaguya estava se preparando. Ele ligou isso ao surgimento do Nue e do Shin, que tinham conexões com dimensões alternativas, e alertou os outros Kages que o perigo estava próximo.

Aí vem a questão que deve delinear a jornada do anime a partir daqui: como o próprio Shin disse – e nós vimos com Naruto e Sasukea paz deixou as pessoas acomodadas e despreparadas para uma ameaça dessa magnitude.

Os conflitos da época do anime de Naruto fizeram os ninjas ficarem cada vez mais fortes. Agora, a nova geração, a geração do Boruto, não possui essa mesma “vontade do Fogo”. Isso não significa que as Nações vão entrar em guerra, claro, mas que esse é o começo do Exame Chünin entre as Vilas Ocultas – o caminho até a história do filme. Uma boa sacada, vamos admitir.

Para a próxima semana, nada de times formados ainda; uma aventura na Vila Oculta da Névoa vai começar e talvez vejamos personagens relacionados ao Quarto Mizukage, que foi Jinchuuriki do Três Caudas e controlado pelo Tobi, Yagura, e ao Monstro da Névoa Oculta, Hoshigaki Kisame. Ansiosos? Não esqueçam de comentar!

Confira nossa galeria com imagens de Boruto:

Você pode assistir Boruto: Naruto Next Generations, todas as quartas-feiras, pela Crunchyroll. E não percam nossa review semanal do anime, todas as sextas, aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.