Capa da Publicação

Pokémon GO – Casal está processando o jogo!

Por Márcio Jangarélli

Scott e Jayme Dodich, o casal em questão, defende que, “Ninguém consegue dormir mais. Como isso é aceitável? Eles (os jogadores) estão nos nossos jardins, pulam nossas cercas, chegam até de carro… Nós não nos sentimos seguros… Eu não me sinto seguro sentado na minha própria varanda”.

O processo ainda alega que, “Os réus mostraram um flagrante descaso pelas previsíveis consequências de povoar o mundo real com Pokémons virtuais sem pedir a autorização dos donos de propriedade”.

Para os Dodich, o principal problema é que sua casa fica próxima ao Wahby Park, que não só é um Ginásio Pokémon, mas também possui sete PokeStops ao redor, e tem atraído uma multidão de jogadores para a área. Seu objetivo com o processo é parar o game de designar PokeStops e Ginásios através de localizações do GPS sem a permissão dos donos das propriedades ao redor. Em adição a essa demanda, eles ainda estão pedindo uma parte dos lucros, pois acreditam que sua propriedade é uma parte integral no sucesso do jogo.

Da parte da Niantic, eles tentaram acalmar a multidão de pessoas invadindo propriedades privadas com uma nota divulgada em seu website. “Se você não consegue chegar ao PokeStop porque ele está em uma propriedade privada, vão ter outros bem próximos no caminho, então não se preocupe”.

Confira nossa galeria com as últimas imagens divulgadas sobre Pokémon GO:

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.