Capa da Publicação

Pokémon GO – Bispo italiano faz comparação infeliz sobre o jogo!

Por Márcio Jangarélli

O bispo siciliano tem feito declarações anti-Pokémon GO para diversos jornais, classificando o game como diabólico por fazer milhares de crianças ao redor do mundo ficarem viciadas em capturar Pokémons. Ele ainda fez uma ligação do game com “um sistema totalitarista próximo ao Nazismo”, quando, segundo o religioso, faz os treinadores andarem e agirem como “mortos-vivos”.

Ainda, Stagliano está ameaçando Pokémon GO e a Niantic com ações legais na esperança de enfraquecer a popularidade do jogo na Europa. O desejo do bispo é que o jogo seja banido da Itália.

Infelizmente, o italiano não é o único na cruzada contra Pokémon GO. Um prefeito francês conseguiu o banimento do game de sua cidade, alegando que o jogo não possuía permissão para operar sem limites de território. O Irã também expulsou os Pokémons de suas terras, afirmando que o jogo era um risco à segurança do país e que a Niantic não consultou com o ministério da cultura do país antes de permitir a invasão Pokémon no local. Não podemos esquecer também que a própria Niantic está banindo países inteiros, seja por acidente ou não, como o caso do Brasil e da Bélgica.

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.