Capa da Publicação

Justiceiro: Em Zona de Guerra – Diretora desabafa e explica o conceito do filme!

Por Gus Fiaux

Apesar de não ter sido nenhuma obra de arte, Justiceiro: Em Zona de Guerra fez um belo trabalho trazendo uma adaptação mais adulta e madura de Frank Castle para os cinemas. Agora, a diretora resolveu compartilhar seu ponto de vista a respeito do filme:

“Eu gosto. Um dia desses, alguém me mostrou uma cena – a do lançamento de granada com parkour – e aqui está o meu ponto: foi a época em que as pessoas começaram a ganhar US$300 milhões para começarem a fazer esses filmes inspirados em quadrinhos. Nolan estava fazendo o segundo Cavaleiro das Trevas na época, e foi quando ouvimos que o filme custava 300 milhões, mas deve ter sido muito mais. Foi ali que as pessoas começaram a ganhar dinheiro adequado para esses filmes.”

“Aqui estou eu, e nem ao menos é a Marvel Studios fazendo o filme. É a Lionsgate financiando. Estou com US$22 milhões para fazer Justiceiro, e não me ocorreu que o filme seria comparado aos grandões. Eu pensei que nós estivéssemos fazendo isso. E ainda acho que deveríamos fazer filmes de quadrinhos de todos os níveis de orçamento – nem todos tem dinheiro para financiar filmes caros, em minha opinião. Não vi nada de errado com isso. O que eu não esperava era essa reação de ‘Oh, meu deus! Você não fez que nem Cavaleiro das Trevas!’

“E eu vi todos os quadrinhos da linha MAX e acho que é por isso que pessoas como Kevin Smith e Patton Oswalt sempre deram boas reviews, porque viram que eu fui diretamente ao quadrinho. E você pode colocar os painéis próximos da tela. Eu mesma não adicionei muita coisa. Só lançamento de granada com parkour [risos]. Aquilo foi tipo ‘Oh, vamos fazer essa coisa nova!’, e agora eu tenho muito mais orgulho que na época, porque eu pensava ‘Talvez isso realmente não preste.’ e hoje eu penso que foi uma escolha deliberada. E todos que assistiram sabiam disso. Foi minha ideia. Minha ideia foi ‘Vamos levar isso aos anos 80 e fazer um filme-B bem brega e baseá-lo nessa série MAX do Justiceiro.’ E conseguimos exatamente isso”.

“Depois, eu lembro de Patton colocando o filme em um festival, e quando as pessoas vieram ver, elas diziam ‘Nem sabia que isso tinha sido lançado‘, então acho que o filme se perdeu um pouco no meio da leva”.

De um modo ou de outro, o personagem está de volta com a Marvel e será uma presença na segunda temporada de Demolidor. 

Fonte: Comic Book Movie

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux