Homem de Ferro 3 – Diretor confirma que curta sobre o Mandarin é um pedido de desculpas aos fãs!

Capa da Publicação

Homem de Ferro 3 – Diretor confirma que curta sobre o Mandarin é um pedido de desculpas aos fãs!

Por Márcio Jangarélli

A tradução do vilão Mandarim para Homem de Ferro 3 foi bem polêmica, para dizer o mínimo. Depois de gastar muito do marketing do filme promovendo Ben Kingsley como a versão cinematográfica do clássico vilão do Homem de Ferro, os fãs levaram um balde de água fria quando foi revelado que o personagem de Kingsley, na verdade, era um impostor. O “verdadeiro” Mandarim era Aldrich Killian, interpretado por Guy Pearce, que estava manipulando toda a situação. A reviravolta foi recebida de forma hostil pelos fãs, algo que pegou o diretor de surpresa. “Nós nunca pensamos que o Mandarim era tão icônico para as pessoas quanto, sei lá, o Coringa é para o Batman”, disse Black. “Os fãs só queriam ver os anéis mágicos que atiram lasers”.

Mais tarde, a Marvel lançou um curta intitulado “All Hail The King”, centrado no Trevor Slattery de Kingslay, revelando que existia um “verdadeiro Mandarim” ainda escondido nas sombras. De acordo com Black, essa foi a maneira da Marvel se desculpar com os fãs depois da resposta dura que receberam sobre a reviravolta no filme. “A Marvel viu tantas coisas negativas que eles fizeram um novo filme apenas para se desculpar chamado ‘Hail to the King”, contou Black. “Foi onde eles disseram, ‘Não, não, o Mandarim ainda está vivo. Aquele não era ele. Existe um verdadeiro Mandarim”.

Confira nossa galeria de com as últimas imagens de Capitão América: Guerra Civil, com nova aventura do Homem de Ferro nos cinemas:

Fonte: ComicBookMovie

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.