Capa da Publicação

Deadpool – Ryan Reynolds diz que sua piada favorita foi cortada do filme!

Por Gus Fiaux

Reynolds disse que ele chegou a preparar de dez a quinze versões diferentes das piadas que usaria em cenas específicas. Isso é comum em filmes de comédia, onde o humor é sobretudo improvisado. “Entre os takes, eu ficava relendo elas e tentando fazer novas. Eu improviso, mas não chega perto do que o T.J. Miller faz. A boca dele deveria estar no Smithsonian. O resto dele é um lixo, mas a boca é realmente inacreditável.

Quando perguntado sobre piadas que ficaram de fora do filme, ele revelou sua favorita: “Al Cega fala alguma coisa sobre o duplex onde nós dois moramos. E eu digo ‘Isso não é um duplex, é hepatite parada.‘ É uma de minhas piadas favoritas, e foi levemente roubada de Uma Fazenda do Barulho: ‘Isso não é uma ponte, são termitas de mãos dadas.’ Então não posso tomar crédito por ela.

É importante notar, pensando no material narrativo, que Deadpool surgiu na época que a indústria dos filmes de super-heróis está em seu auge, e o filme está a noventa graus disso. Já tivemos vários filmes de super-heróis brilhantes, e todos com seriedade e escuridão, mas no final das contas, é sobre caras andando por aí de colante. Deadpool pegou isso e fez algo inventivo,” finalizou o ator, quando falou sobre as indicações recebidas pelo filme no Globo de Ouro e o que o diferencia dos outros filmes de super-heróis.

Deadpool está disponível em DVD e Blu-Ray.

Fonte: Comic Book

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux