Capa da Publicação

Artistas do mundo dos quadrinhos comentam sobre a polêmica capa da Batgirl!

Por Marie Bakhuizen

Primeiramente o próprio artista respondeu aos boatos de que havia sido ameaçado, Rafael Albuquerque afirmou que apesar de nota publicada pela DC que diz ter recebido “ameaças violentas” ele mesmo não recebeu nada. “Vou falar mais a respeito disso amanhã, mas que fique claro, nunca fui ameaçado.” postou no twitter.

Uma das autoras de Batgirl, Cameron Stewart, também usou o twitter para se expressar “Algo para esclarecer, porque a nota da DC não foi muito clara. Rafael Albuquerque não recebeu ameaças. Quem está são as pessoas que são contra sua capa.”

A capa alternativa da edição #41 de Batgirl buscou inspiração da HQ Piada Mortal de Alan Moore e Brian Bolland, onde o Coringa é extremamente violento com Barbara Gordon, a Batgirl.

Entre aqueles que apoiaram a decisão da DC e do Rafael de não publicar a capa está Mark Waid, que postou em seu twitter “Na minha opinião a DC tomou a decisão certa ao cancelar a capa. Ela realmente ultrapassou o limite e não vai bem com o momento que estamos vivendo.”

Veterano dos quadrinhos Kurt Busiek apoiou a decisão e explicou o propósito de capas alternativas. “Você ainda quer que a capa chame a atenção do público que você quer atingir com a HQ. Então uma capa pode ser incrível para revisitar algo como A Piada Mortal, mas não ser apropriada para uma versão mais otimista/positiva de Batgirl. Capas de HQs não são intercambiáveis.”

A escritora de Ms.Marvel da Marvel, G. Willow Wilson, se referiu ao fato dessa série da Batgirl ter atraído novas leitoras ao universo das HQs. “A Batgirl não é uma heroína naquela capa. Ela é uma vítima, está aterrorizada. Parece um snuff movie. A Piada Mortal foi lançada numa época quando alguns traços psicológicos bem sombrios estavam surgindo no gênero de super-heróis, então tinha um valor artístico e acabou com alguns esteriótipos antigos. Não acho que o que deve ficar como legado disso é ‘pr0n de tortura é legal.'”

Mas não foram todos do mundo das HQs que concordaram com o cancelamento, Patrick Zircher, ilustrador de Arqueiro Verde tuitou: “Cancelaram a capa da Batgirl. A história de Piada Mortal não poderia ser lançada hoje. Se isso é progresso porque parece que estamos marchando pra trás?” Mais tarde, se referindo á Rafael: “O fato dele ter ficado preocupado por ter deixado algumas pessoas tristes é admirável. Mas numa visão mais ampla, isso diminui o parâmetro do que é aceitável, e dá poder ao próximo grupo de fãs que acha que o que eles não gostam não é aceitável.”

Os fãs que são a favor do cancelamento da capa estão usando a #changethecover (mude a capa) e aqueles que são contra e consideram essa decisão uma forma de censura usam #savethecover (salve a capa). Um abaixo-assinado está circulando pela internet para reivindicar a decisão da DC.

O artista Ray Dillon criou uma ilustração em resposta à polêmica, seu desenho mostra o Apocalypse e o Superman na mesma cena que o Coringa e a Batgirl na arte do Rafael Albuquerque.

CAS8Gx-U8AAjc38-jpg-large-5c986

Fonte: CBR

Imagem de perfil
sobre o autor Marie Bakhuizen

Jornalista, correspondente internacional da Legião dos Heróis!