Capa da Publicação

Superman – Novos visuais do Homem de Aço

Por Felipe Lima

A re-estreia vai mostrar o Superman provando seu valor em um mundo que não confia nele. Da mesma forma que o conceito luta para reencontrar um público que o considera bobo e desimportante – uma ideia que será explorada no novo filme, que está em pré-produção. O roteirista há três anos deu uma declaração interessante sobre o que gostaria de fazer com o personagem caso pudesse voltar a ele:

Eu gostaria de fazer uma história do primeiro ano do Superman em Metrópolis quando ele não era tão poderoso e estava mais para um ativista liberal. E fazer aquele tipo de Superman, o cara grande que só pode levantar picapes e se morto por uma granada, dá pra fazer isso como o primeiro ano e ver as diferenças entre aquele cara e o semideus incrivelmente poderoso e confiante do All-Star Superman. […] Histórias ligeiramente fora do enredo principal mas relacionadas então espero escrevê-las quando meu ritmo de trabalho atual diminuir porque, como já disse, eu poderia ficar fazendo histórias do Superman para sempre.

O visual simples ao extremo mas muito ousado, leva em consideração o conceito de “homem comum que põe a mão na massa e pode fazer tudo” e o estilo da arte lembra um pouco o de mestres da ilustração como Will Eisner e  Wally Wood. Talvez a capa esteja sobrando nesse design, mas é uma grande novidade perto do que vinha sendo feito – como o design exagerado e noventista do publisher Jim Lee para Superman #1, o título que ficará nas mãos de George Peréz (Crise nas Infinitas Terras) e Jesus Merino:
sm_cv1m3kl4maps0d

Outros visuais da “família Super” divulgados foram o da Super Girl, a prima adolescente o Superman – que não nutre pelos terráqueos a mesma afeição que este último, por Michael Green e Mike Johnson (dupla de roteiristas de Smallville), com arte de Mahmud Asrar.

sg_cv1oo-o2ma

Já Superboy seguirá em parte o conceito recente: ele será um jovem clone do Superman com DNA misturado ao humano. O roteiro será de Scott Lobdell, um escritor dos anos 90 que voltou aos holofotes graças ao novo editor-chefe da DC, Bob Haras, com arte do brasileiro R.B. Silva  e Rob Lean.

sb_cv1i3428rnmws

Fonte: Herói

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Lima

Apaixonado por música, viciado em internet, cinema, Tony Hawk Pro Skater, The King of Fighters e Cuphead. Colecionador de Funko e action figures em geral.